Abordagem Direta: O que falar e quando fazer

abordagem direta

Abordagem direta é o tema deste artigo.

Como abordar, por sinal, é um dos temas mais solicitados pelos brothers que nos acompanham.

Existem três tipos de abordagem: a direta, indireta e ocasional, também conhecida como abordagem situacional.

Eu vou tratar de cada uma delas nos próximos posts.

Vamos começar pela abordagem direta

Abordar uma mulher de forma direta deve ocorrer quando você demonstra interesse imediato por ela, ou seja: quando ela percebe que você está a fim.

E pode ocorrer também, quando ela demonstra interesse em você.

Eu não estou dizendo com isso, que você só deve usar a abordagem direta nesses momentos.

Esse tipo de abordagem pode ser usada em qualquer ocasião. O que eu quero é deixar claro é que existem momentos mais adequados para usá-la.

Quando usar a abordagem direta?

Você deve estar se perguntando: Quando eu vou saber que tipo de abordagem usar em determinada ocasião, não é mesmo?

A primeira coisa que você precisa fazer para decidir qual a forma mais adequada de abordar uma mulher é observar o comportamento dela.

Faça isso sempre, independentemente do ambiente onde vocês estiverem.

A mulher, quando está a fim de um cara, emite sinais claros de interesse e você pode se beneficiar da situação unindo o útil ao agradável.

Neste momento, torne o processo de sedução muito mais fácil usando a abordagem direta.

Abordagem-Direta

Mas que sinais são esses?

Olhar de admiração, mãos nos cabelos, sorriso fácil são alguns sinais sutis que elas costumam emitir quando estão interessadas em alguém.

Se você souber identificar esses sinais, terá mais chances de sucesso. Por isso, observar o comportamento delas é fundamental para sua tomada de decisão.

Quando a mulher emite esses sinais em sua direção, fica muito mais fácil se aproximar e este é o momento mais propício para a abordagem direta.

Uma dica para situações como essa é usar a técnica do espelhamento (rapport), em que você imita de forma sutil alguns comportamentos dela, gerando empate e conexão mais rapidamente.

Prós e contras da abordagem direta

Quando ela dá sinais, mas você chega junto sem demonstrar o mesmo interesse, a mina pode achar estranho e você pode acabar perdendo a oportunidade.

Isso aliás, ocorreu várias vezes comigo nos meus tempos de beta.

Se você é alguém que só aborda mulheres de forma direta, certamente possui taxa de rejeição muito alta.

Eu conheço vários caras que são assim. Eles vão chegando sem critério algum e tomam um toco atrás do outro.

Isso ocorre porque a maior parte das mulheres não estão interessadas no cara de imediato.

E o fato deles sempre chegarem logo de cara acabam os tornando pessoas indesejáveis.

Pode até ser que elas fiquem interessadas durante uma conversa e é desta forma que a sedução na maioria das vezes ocorre.

Se você chega usando a abordagem direta sempre, logo se tornará indesejável.

Se isso ocorrer, elas vão fazer o máximo para te evitar, pois já desconfiam das suas intenções.

abordagem direta

Exemplos de abordagem direta

Vamos imaginar agora, algumas situações em que você pode aplicar a abordagem direta.

Imagine que você está numa festa e vê uma garota interessante. Você pode se aproximar e usar um opener do tipo:

“Estava te observando e cheguei a conclusão que se não viesse falar com você ia me arrepender pelo resto da minha vida”.

Ou: “Eu te vi de longe e tive que vir dizer que o seu sorriso é lindo”.

Você pode usar exemplos como esses em diversas situações. Pode usá-las na rua, no ponto de ônibus, no supermercado ou até mesmo na escola.

Ao fazer a abordagem, fique atento às reações dela.

Escale seu diálogo de acordo com o comportamento, sem deixar se intimidar.

Lembrando que nem sempre a mulher vai sorrir e te tratar da mesma maneira, a final, elas são seres bastante contraditórios, não é mesmo?

Note que essas aberturas são bem diferentes do que aquilo que você está acostumado a ver os caras fazerem por aí.

O ideal numa abordagem é você evitar elogiar a aparência dela, pois mulheres são muito acostumadas a isso.

Se for para elogiar, observe e fale de outros detalhes como roupas e acessórios e não diretamente da aparência dela.

Agindo dessa forma, você vai se diferenciar da maioria dos homens.

Nos próximos artigos do blog, eu vou detalhar os outros tipos de abordagem: a indireta e a situacional.

Minha intenção é que você entenda e saiba o momento exato de usar cada uma delas.

Abordagem Direta: O que falar e quando fazer

Conclusão: Existem momentos específicos para você utilizar cada tipo de abordagem.

A abordagem direta gera melhores resultados quando você demonstra interesse deixando a mulher perceber suas intenções.

É mais eficaz ainda, quando ela demonstra que está afim de você.

Usando a abordagem direta dessa forma, você estará unindo o útil ao agradável, tornando sua aproximação mais natural.

INSCREVA-SE NO CANAL!